Início DESTAQUE Projeto da UNIFAE é reconhecido pelo sucesso nos procedimentos à pessoas com...

Projeto da UNIFAE é reconhecido pelo sucesso nos procedimentos à pessoas com lesões de pele de difícil cicatrização

-

Especializado em lesões cutâneas complexas de difícil cicatrização, o Ambulatório Multiprofissional de Leões cutâneas da UNIFAE conta com uma equipe multiprofissional integrada de profissionais da área da saúde para atender desde lesões de pele de quaisquer causas, que vão desde as lesões pós-covid, passando pelas lesões causadas por diabetes e chegando nas lesões por má circulação. A clínica, que presta assistência aos pacientes duas vezes por semana, hoje registra uma capacidade de 96 a 100 atendimentos por mês.

A Profa. Dra. Giovanna Vallin Jorgetto, que atua no ambulatório juntamente com alunos de enfermagem, comenta que dados da International Diabetes Federation apontam que a cada 20 segundos no mundo, uma parte de um membro inferior (pé ou perna) é amputado em decorrência das complicações do diabetes. “Nós cuidamos de todas as lesões de grau 3 e 4 em nossa clínica. Nossa equipe é formada por profissionais e graduandos de enfermagem, fisioterapia, farmácia e psicologia para que possamos alcançar os melhores resultados”. Atualmente e infelizmente, a maioria dos pacientes que atendemos apresentam lesões cutâneas complexas causadas pelo diabetes.

Ainda de acordo com a Profa. Dra. Giovanna Vallim Jorgetto, a podologia e a enfermagem caminham juntas para garantir o cuidado com as unhas, evitando fissuras que são portas de entrada para microrganismos que, consequentemente, geram infecções que evoluem para amputações. “As unhas dos pacientes diabéticos apresentam uma maior incidência de micose devido à queda da resistência imunológica e por isso se faz necessário investigar a ferida para trabalhar de forma mais eficiente e rápida a cicatrização”, explica.

Carina Lemes é filha da Sra. Odete, que faz tratamento na UNIFAE há 5 meses devido a uma ferida em um dedo do pé direito, que evoluiu para quase amputação devido ao diabetes, e refere que: “O atendimento é excelente e ela está se recuperando muito bem. Os profissionais se dedicam e prestam um trabalho muito bom”, afirma a filha da paciente.

Quem reforça a importância do cuidado especial com os pés é a podóloga e estudante do 5º semestre de enfermagem Simone Dearo. “O diabético necessita dessa atenção porque todos os acometimentos por conta da neuropatia periférica começam nos pés. Para eles, um calo pode causar uma amputação”, esclarece a futura enfermeira, que presta atendimento de forma gratuita em podologia no ambulatório.

É importante mencionar que a clínica conta com uma equipe de fisioterapeutas e farmacêuticos, essenciais para os tratamentos. A fisioterapia, coordenada neste projeto pela Profa. Dra. Francielle Rodrigues Guimarães, atua com a Laserterapia, Fototerapia com laser ou led, Alta frequência, Ozonioterapia, Terapias não medicamentosas de controle da dor para a realização dos procedimentos, entre outros.

Em relação ao atendimento farmacêutico, coordenado pela Profa. Dra. Ana Paula Sendão e Profa. Dra. Danielli Marini, é possível visualizar a sua relevância para o controle da glicemia, uma vez que não há como trabalhar com cicatrização de uma grave lesão cutânea se o paciente não apresentar controle glicêmico.

Além destas especialidades, os alunos dos cursos de medicina e odontologia também farão parte dos atendimentos no ambulatório.

Prof. Dr. Eduardo Buozzi Moffa ressalta que pacientes com problemas bucais crônicos, a exemplo de infecção na gengiva, apresentam maior probabilidade de resistência à insulina, piorando assim os quadros de diabetes e retardando significativamente a cicatrização de lesões. O Prof. afirma ainda que as doenças na gengiva podem causar inflamação geral, aumentando as doses de insulina utilizadas pelos pacientes e onerando desnecessariamente o serviço público. Há necessidade de acompanhamento constante da saúde bucal destas pessoas.

Quanto a medicina, a atuação dos alunos gerará ganhos ponderais no controle glicêmico e de saúde gral dos pacientes.

Este projeto é uma iniciativa da Pro-reitoria de Extensão e Assuntos Universitários – PROEX UNIFAE, sob responsabilidade da Profa. Dra. Anita Bellotto Leme Nagib, visando diminuição dos casos de amputações em São João da Boa Vista, por ser este um número significativo e impactar significativamente na saúde global das pessoas com amputações de membros inferiores, principalmente. Ressalta-se que a maioria das pessoas atendidas chegam à clínica com indicação de amputação, mas, em razão da equipe integrada e especializada em diversas áreas, as taxas de sucesso são acima de 96%. Profa. Dra. Giovanna Vallim Jorgetto afirma que: “A amputação reduz a expectativa de vida das pessoas e por isso o projeto é tão relevante”.

 

Como receber atendimento na UNIFAE?

O primeiro passo é agendar uma consulta na Unidade de Saúde do seu bairro. Depois, ao discutir com a equipe multiprofissional sobre as necessidades de atendimento, é feito o seu encaminhamento para o Ambulatório Multiprofissional de Lesões Cutaneas Complexas da UNIFAE.

Pacientes que não residem em São João da Boa Vista, também podem ser assistidos. Hoje, a clínica atende pessoas das cidades de Vargem Grande do Sul, Aguaí e Porto Ferreira, todos municípios do estado de São Paulo.

Informações

Endereço: R. Napoleão Laureano, 407 – Vila Trafane

Telefone: (19) 3631-4725

CATEGORIAS

RECENTES

Última semana para se inscrever no Vestibular de Medicina UNIFAE

Terminam neste domingo (23h59 do dia 2 de outubro) as inscrições para o Vestibular de Medicina UNIFAE 2023. Serão oferecidas 60 vagas em período...

Educação Física é campeã dos Jogos Intercursos UNIFAE 2022

Com 22 medalhas e 103 pontos no total, o curso de Educação Física da UNIFAE foi o grande campeão dos Jogos Intercursos UNIFAE 2022,...

Aluno de Medicina representa UNIFAE em congresso na Itália

Três trabalhos da Medicina UNIFAE foram expostos na Itália, no 31º European Academy of Dermatology and Venereology (EADV), maior congresso de Dermatologia da Europa. Em...

Educação de São João da Boa Vista aparece em ranking na frente das capitais brasileiras

Uma das aferições mais respeitadas no ramo de pesquisas sobre gestão pública coloca a cidade de São João da Boa Vista na 40ª posição...

UNIFAE busca ampliação de projetos e pesquisas com empresa Ibramed

Graças ao sucesso das pesquisas realizadas através da parceria firmada entre o Instituto de Pesquisas Clínicas (Ipeclin) da UNIFAE e a Ibramed, uma comitiva...

VÍDEOS

Alunos de Comunicação realizam Feira Virtual

A Feshow ocorreu no Instagram, com a participação de diversas empresas e artistas. Atividade dos cursos de Comunicação Social da UNIFAE.

Enfermagem no combate ao Câncer de Próstata – Novembro Azul

Nossos alunos de Enfermagem tiram dúvidas sobre o Câncer de Próstata, participando da Campanha Novembro Azul.

UNIFAE participa da comemoração dos 20 anos da ABTU

É um orgulho muito grande para a UNIFAE participar deste momento histórico em que a Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU) completa 20 anos...

Cursos 2021 UNIFAE – Publicidade e Propaganda

O curso de Comunicação Social – habilitação Publicidade e Propaganda te oferece uma formação antenada às demandas do mercado na atualidade, associando estratégias de...

Teste Vocacional UNIFAE – ETEC Aguaí

Confira a dica da professora Adriana Mamede, coordenadora pedagógica da ETEC de Aguaí, sobre o Teste Vocacional da UNIFAE. Com o aumento e diversificação do...