.

 

Curso: Engenharia Civil

Modalidade: Curso Regular de Engenharia

Turno de Funcionamento: Diurno e Noturno

Número de vagas: 120 alunos (turmas A e B)

Número de entradas anuais: 120 alunos

Regime de matrícula: Seriado Semestral (aulas de segunda a sábado)

Duração do Curso: 10 semestres

Tempo máximo para integralização: 18 semestres

Processo de seleção: Vestibular

Ano de início de funcionamento: 1º semestre de 2014

Autorização: CEPE 05/2013

 

PERFIL PROFISSIONAL

O perfil do profissional a ser formado neste curso será o de um profissional com formação técnica e científica, capacitado a absorver novas tecnologias, projetar edificações (residenciais, comerciais e industriais), planejar, gerenciar e coordenar obras civis, bem como realizar experimentos e serviços com espírito empreendedor, com ação investigativa e criativa que lhe capacite atuar em perícias e avaliações imobiliárias. Também lhe será assegurada uma formação humanística, que o capacite para atuação crítica e reflexiva no enfrentamento dos problemas e demandas da sociedade, ao considerar seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais, culturais e éticos.

 

OBJETIVO DO CURSO

O Curso de Engenharia Civil objetiva formar profissionais que demonstrem, em núcleos gerencial e operacional das empresas ou de forma autônoma, habilidades para que ajam como um agente de mudanças, ao projetar, desenvolver, implementar e melhorar sistemas integrados que incluem pessoas, materiais, equipamentos e informações. Os profissionais de Engenharia Civil formados pelo UNFAE realizarão essas atividades com visão ética e equilibrada dos papéis social e de responsabilidade com o meio ambiente, suportada por uma sólida base conceitual, ao adotar uma postura crítica e criativa que resulte em novos modelos e sistemas, para atender às demandas e necessidades competitivas das organizações. Esse objetivo será buscado por meio do desenvolvimento das seguintes habilidades específicas do futuro engenheiro:

.1. Resolver problemas e explorar oportunidades: desenvolver um profissional com a capacidade de reconhecer e dominar os aspectos técnicos e sociais relevantes envolvidos no exercício profissional; interpretar e utilizar informações que resultem em formas mais eficientes, eficazes e inovadoras de utilização dos recursos tecnológicos, humanos e financeiros. O estudante deverá ser capaz de pensamento abstrato que sustente a compreensão e análise dos processos que perpassam suas atividades: projetos, produção, suprimentos, recursos humanos e análises econômico-financeiras.

.2. Comunicação: o estudante deverá ser capaz de manter e difundir visão única e integrada dos sistemas de produção como uma coleção de processos, ao garantir um fluxo de informações entre todos os colaboradores, de modo a otimizar os resultados gerais dos projetos.

.3. Social: o estudante deverá desenvolver, nos trabalhos em grupos, as habilidades sociais necessárias a se tornar um agente de mudanças: organização e limpeza, trabalho em grupo, trabalho sob pressão, negociação, resolução de conflitos, relacionamentos interpessoais, liderança, ética e responsabilidade social.

.4. Auto desenvolvimento: formar um estudante capaz de utilizar tecnologias de informação e diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos que sustentem, de forma contínua e natural, suas habilidades de resolver problemas. Ademais, o estudante deverá ser capaz de iniciativas próprias de buscar, desenvolver e aplicar conhecimentos, de forma criativa e inovadora.

 


Composição das atividades do curso

Totais do Curso CHT (aulas de 50 minutos) CHT (aulas de 60 minutos) %
Disciplinas Básicas 1600 1333 32
Disciplinas Profissionalizantes 920 767 18
Disciplinas Específicas 1720 1433 34
Supervisão de Estágio 40 33 1
Projeto de Conclusão de Curso 80 67 2
Estágio Curricular 200 5
Projeto de Conclusão de Curso 120 3
Atividades Complementares 200 5
Total 4360 4153 100

 

 

 

Núcleo de disciplinas básicas: 1333 horas equivalente a 32% da carga horária total:

Física I; Matemática Básica; Desenho Técnico Básico; Química Tecnológica; Química Experimental; Algoritmos e Programação I; Introdução à Engenharia e Metodologia Científica; Cálculo Diferencial e Integral I; Física II; Física Experimental A; Cidadania e Responsabilidade Social; Geometria Analítica e Álgebra Linear; Algoritmos e Programação II; Ciências dos Materiais; Cálculo Diferencial e Integral II; Mecânica dos Sólidos; Física III; Física Experimental B; Probabilidade e Estatística; Eletricidade Básica; Cálculo Diferencial e Integral III; Fenômenos dos Transportes I; Engenharia Econômica; Planejamento Estratégico e Empreendedorismo; Gestão Ambiental para Engenharia; e Comunicação e Expressão.

 

Núcleo de disciplinas profissionalizantes: 767 horas equivalente a 18% da carga horária total:

Métodos Numéricos; Resistência dos Materiais I; Fenômenos dos Transportes II; Topografia; Materiais de Construção I; Mecânica dos Solos; Hidráulica I; Ergonomia e Segurança do Trabalho; Estruturas de Concreto Armado I; Estruturas Metálicas e Madeiras I; Engenharia de Tráfego Urbano; Gestão de Projetos da Construção Civil; e Prática da Construção Civil I.

 

Núcleo de conteúdo específicos: 1433 horas equivalente a 34% da carga horária total:

Desenho Técnico II – Assistido por Computador; Resistência dos Materiais II; Instalações Prediais I – Instalações Elétricas; Arquitetura e Urbanismo I; Materiais de Construção II; Arquitetura e Urbanismo II; Terraplanagem e Estradas; Projeto Geométrico Viário; Estabilidade das Construções I; Hidráulica II; Instalações Prediais II – Instalações hidráulicas; Fundações; Planejamento e Orçamento de Obras; Estabilidade das Construções II; Estrutura de Concreto Armado II; Estruturas Metálicas e Madeiras II; Estabilidade das Construções III; Portos e Aeroportos; Planejamento Urbano e Incorporações de Edifícios; Projeto de Conclusão de Curso I; Tecnologia da Construção; Avaliações e Perícias; Práticas da Construção Civil II; Concreto Protendido e Pontes; Construções de Edifícios; Supervisão de Estágio; e Projeto de Conclusão de Curso II.

 

Estágios Curriculares obrigatórios, sob supervisão direta da Instituição de Ensino, por meio de relatórios técnicos e acompanhamento individualizado, durante o período de realização da atividade, com carga horária de 200 horas que seguem regulamento de estágios aprovado pela Resolução CEPE Nº 15/2009.

Atividades Complementares no total de 200 horas ou 40 horas/ano, a serem dedicadas a atividades extra classe, atividades complementares à formação, em que o aluno mostrará a sua capacidade de criação e de desenvolvimento de ideias, com orientação dos professores e, ainda, completar sua formação como cidadão, para entrar em contato com situações que explorem a responsabilidade social do engenheiro. Esta atividade é normatizada pelo Regulamento de Atividades Complementares integrante neste PPC e também pelas normas disponibilizadas no site do Centro Universitário.

 

Coordenador do Curso:

Professor Dr. Marcolino Fernandes Neto

Graduado em Engenharia Civil – PUC Minas

Graduado em Engenharia Metalúrgica – UFOP

Mestrado em Engenharia Metalurgia e de Minas – UFMG

Doutorado em Engenharia Mecânica – UNICAMP

Pós-Doutorado em Engenharia Mecânica – UNICAMP/FAENQUIL

.

risco_separacao

.

.

TV UNIFAE ENGENHARIA CIVIL

risco_separacao

CLIQUE AQUI E VEJA TODOS OS VÍDEOS >>>

 

NOTÍCIAS ENGENHARIA CIVIL

risco_separacao

 

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS NOTÍCIAS >>>