A autorização para assinatura do convênio foi dada pela Câmara Municipal que aprovou o Projeto de Lei 4256, publicado no dia 29 de dezembro

   UNIFAE, Prefeitura de São João da Boa Vista e Irmandade da Santa Casa Dona Carolina Malheiros assinaram, na última quarta-feira, dia 10 de janeiro, o convênio que autoriza a Instituição de Ensino a participar da gestão do Hospital. A cerimônia de assinatura aconteceu no Salão Vermelho da prefeitura.

 

  Pelo convênio, a UNIFAE vai indicar o gestor administrativo do Hospital e investir R$ 6 milhões na Santa Casa em 2018, por meio de planos e cronogramas previamente estabelecidos e aprovados, além de desenvolver, agora, de forma oficial, o trabalho que vêm realizando desde 2017, como explica o Reitor, o Prof. Dr. Francisco de Assis Carvalho Arten.

 

“Estamos estudando o funcionamento e acompanhando as decisões da Santa Casa a alguns meses. Entretanto, o convênio que assinamos não é a nossa proposta inicial, em que pensávamos a longo prazo e que a UNIFAE assumiria de fato. Mas depois de muitas conversas e idas e vindas, chegamos à conclusão que um modelo de gestão compartilhada, com a Irmandade e o Poder Executivo, seria a melhor solução para todos. Estamos trabalhando para decidir um nome que assumirá a função de Gestor e faça um elo entre as Instituições”, explica.

 

O reitor destaca, entretanto, que a solução da crise na Santa Casa passa pela colaboração de todos, porque a “UNIFAE não faz milagres e se todos estiverem fortemente envolvidos e compromissados, ainda assim, será uma árdua tarefa. E a sociedade não pode esperar mudanças de uma hora para a outra, mas faremos um bom trabalho, com certeza”, finaliza.

 

  Segundo o Prefeito de São João da Boa Vista, Vanderlei Borges de Carvalho, o convênio trará benefícios ao município. “O papel da prefeitura e da UNIFAE é contribuir com a saúde e qualidade de vida dos moradores. Juntos vamos trabalhar para a Santa Casa sair da crise e cumprir seu papel com ainda mais qualidade”, disse.

 

Faculdade de Medicina

 

Além de participar da gestão do hospital, o Convenio permite que, a partir do segundo semestre deste ano, a Santa Casa receba alunos do internado de Medicina, como explica o coordenador do curso, Prof. Dr. Mário Augusto Rocha.

 

“Desde quando abrimos o curso, em 2014, já pensávamos neste momento. A faculdade de medicina dura 6 anos, dos quais, 2 deles são chamados de internato, quando os estudantes ficam a maior parte do tempo dentro do Hospital, onde vão realizar atendimentos e contribuir com a saúde da população”.

 

  Assim como no Ambulatório Médico de Medicina, os atendimentos realizados por estudantes serão feitos com a supervisão e orientação de professores, que acompanharão todo o processo.